Segunda-feira
26 de Fevereiro de 2024 - 
Ética, respeito, seriedade e confiabilidade!

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba nossas noticias.
Nome:
Email:

FALE CONOSCO

+55 (11) 98411-6890+55 (11) 4965-0768

Previsão do tempo

Hoje - São Paulo, SP

Máx
33ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Guarulhos, SP

Máx
33ºC
Min
20ºC
Parcialmente Nublado

23ª Semana da Justiça pela Paz em Casa mobiliza comarcas do Estado

Iniciativa ocorreu na última semana.     A Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Comesp) pulgou o balanço da 23ª Semana Justiça pela Paz em Casa, que aconteceu entre 6 e 10 de março. Em média, a campanha contou com a participação de 344 magistrados por dia, além de mais de 1064 servidores. Durante o período, foram 5556 processos com sentença ou decisão, além de 4737 despachos proferidos e 1179 medidas protetivas concedidas. Ao todo, foram 13 júris e mais de 247 audiências realizadas nas comarcas de São Paulo. Instituída pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a iniciativa tem como objetivo a conscientização, prevenção e julgamento de casos de violência doméstica. Confira algumas das ações realizadas nas comarcas de São Paulo:   Adamantina, Flórida Paulista e Mariapólis Baseada no tema “A educação no combate e enfrentamento à violência contra a mulher”, as comarcas promoveram ampla programação durante toda a semana, incluindo rodas de conversa, oficina integrativa e palestras, além de participação em programa de rádio para pulgação da Semana pela Paz em Casa.   Mairinque Na terça-feira (7), a comarca promoveu, em parceria com escolas estaduais do munícipio, a palestra "Violência de Gênero sob a perspectiva Familiar", ministrada por Fernanda dos Santos Ueda, delegada de polícia e doutora em Educação. As juízas Camila Mota Giorgetti e Carla Carlini Catuzzo participaram do evento, além de representantes das instituições de ensino e de coletivos e grupos de apoio às mulheres de Marinque e região.   Ribeirão Preto A Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Ribeirão Preto promoveu uma série de eventos e ações por ocasião da 23ª Semana pela Paz em Casa. Além de rodas de conversas realizadas com alunos do Ensino Médio de escolas estaduais na comarca, nos dias 7 e 8/3, o juiz Caio Cesar Melluso concedeu entrevistas para rede de televisão local sobre o tema do combate à violência doméstica e participou ainda, no dia Internacional da Mulher, da inauguração da Sala da Justiça Restaurativa na Delegacia da Defesa da Mulher de Ribeirão Preto.   Santo André No dia 8, a juíza integrante da Comesp e titular da 2ª Vara Criminal de Santo André, Teresa Cristina Cabral Santana, palestrou no evento “Por e Com Elas – Semana das Mulheres”, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O evento fez parte de uma iniciativa educacional que busca promover a igualdade de gênero e valorizar as mulheres em todos os aspectos da vida.   São José do Rio Preto A Vara de Violência Doméstica e Familiar e o Núcleo de Práticas Restaurativas da Comarca de São José do Rio Preto promoveu o 2º Seminário sobre Violência Doméstica Contra a Mulher, com o tema “Obrigatoriedades legais e orientações para auxílio às mulheres vítimas de violência”. Foram realizadas palestras do  juiz da Vara de Violência Doméstica e Familiar da comarca, Alceu Correa Junior, e outras autoridades do município, além de visita à Delegacia da Defesa da Mulher e comemoração dos três anos da Patrulha Maria da Penha, que integra a Guarda Civil do município.   Tabapuã, Catiguá e Novais A Rede Municipal de Educação de Tabapuã desenvolveu persas atividades voltadas à Semana, ao programa Flor de Lis e ao projeto Amor Sim, Violência Não!. Todas as ações foram relacionadas Dia Internacional da Mulher e à conscientização. Inspirados pela iniciativa do Judiciário, órgãos municipais também desenvolveram ações para públicos de todas as idades. A programação foi estendida na comarca - iniciou no dia 1 de março e vai até dia 31. A Paz em Casa foi tema de atividades lúdicas na educação infantil do município, com montagem de painéis e exposição confeccionados por alunos e professores. No Ensino Fundamental, dos anos iniciais aos finais, docentes trabalharam textos informativos, rodas de conversa e outras atividades relacionadas ao tema. O Município também promoveu a atividade “A paz que eu quero” com grupo formado, em sua maioria, por mulheres da terceira idade.     imprensatj@tjsp.jus.br   Siga o TJSP nas redes sociais: www.facebook.com/tjspoficial     www.twitter.com/tjspoficial www.youtube.com/tjspoficial www.flickr.com/tjsp_oficial www.instagram.com/tjspoficial www.linkedin.com/company/tjesp
17/03/2023 (00:00)
Visitas no site:  576542
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia